Implantação de cultura de processos sem papel

A H&R vem implantando uma cultura de processos sem papel nas mais diversas áreas de uma instituição pública de saúde com mais de 8000 funcionários. Tendo iniciado pelos processos de compras, a iniciativa foi estendida para processos afins (como avaliações e pareceres técnicos para novos itens, execução e fiscalização dos contratos, notificações e sanções a fornecedores, controle de bens comodatados, etc) e para as mais diversas áreas, como Recursos Humanos (vários processos nas áreas de Administração de Pessoal e Educação e Desenvolvimento), Engenharia (envolvendo processos relacionados à manutenção e avaliações técnicas de novos equipamentos adquiridos), Controle Patrimonial (novos cadastros, transferências, baixas, etc), Auditoria Interna, Ensino e Pesquisa (como no controle dos convênios existentes e dos pagamentos de contrapartidas), Informática, Jurídico (como no controle da elaboração da defesa em processos judiciais), Laboratório (diversos processos relacionados à Gestão da Qualidade), Transportes (como as solicitações de transporte por ambulância) bem como processos relacionados à gestão da instituição, além de alguns processos comuns a todas as áreas (convocação e controle dos encaminhamentos de reuniões, controle de POP’s – Procedimento Operacional Padrão, MEI – Memorando Eletrônico Interno, etc). A cada mês, são iniciados mais de 5000 novos processos por quase 7000 pessoas diferentes, que executam mais de 100.000 tarefas eletrônicas. A quantidade de folhas de papel “não-impressas” devido a esta iniciativa já é superior a 9 milhões, o que representa em torno de 500 árvores preservadas !

Sem comentários.

Deixe um comentário